Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Correios cobrarão taxa extra para entregas no Rio, por violência

Entregas na capital fluminense terão acréscimo de R$ 3,00, em caráter emergencial, por causa de custos extras

Por Da redação Atualizado em 28 fev 2018, 13h03 - Publicado em 28 fev 2018, 11h42

Os Correios terão uma taxa extra de 3 reais para encomendas que tenham como destino a cidade do Rio de Janeiro, por conta da violência. A empresa divulgou a cobrança extra em meio a um reajuste nos valores cobrados em todo o país para entregas. O reajuste das tarifas é periódico e ocorre por causa do aumento de custos, segundo a estatal.

“Conforme amplamente divulgado pelos veículos de comunicação, no Rio de Janeiro a situação de violência chegou a níveis extremos e o custo para entrega de mercadorias nessa localidade sofreu altíssimo impacto, dadas as medidas necessárias para manutenção da integridade dos empregados, das encomendas e até das unidades dos Correios”, diz a instituição em nota.

O Rio de Janeiro teve intervenção do governo federal decretada há duas semanas, e o comando das forças de segurança do estado foi transferido para o general Walter Braga Netto. O presidente Michel Temer atribuiu a medida – que está prevista para durar até o fim do ano – ao aumento da criminalidade na região.

A empresa afirma que a taxação extra é emergencial, e será suspensa caso haja redução na violência. Os Correios ressaltam que outras transportadoras já começaram a cobrar tarifas extras na cidade desde o início do ano passado, por conta do roubo de cargas no estado.

Continua após a publicidade

Publicidade