Temer diz que retomar obras de infraestrutura custará R$ 1,8 bi

Lista contém 1.519 projetos, incluindo o Programa Minha Casa Minha Vida

Por Da redação - 11 ago 2016, 16h03

O presidente em exercício, Michel Temer, afirmou nesta quinta-feira que a retomada e conclusão de 1.519 obras de infraestrutura que estavam paradas vai custar “apenas” 1,8 bilhão de reais. A lista contém vários projetos, incluindo o Programa Minha Casa Minha Vida.

Temer disse que “há coisas que são de uma leveza orçamentária extraordinária”. Ele citou o exemplo recente da autorização que deu para aviões da Força Aérea transportarem órgãos para transplante. “O governo tem que ser criativo”, disse.

Leia mais:
Governo anuncia retomada de obras do Minha Casa Minha Vida

De acordo com o peemedebista, o governo fez um mapeamento das obras inacabadas e paralisadas. Em discurso a empresários da construção civil no Palácio do Planalto, ele ressaltou que a Caixa tem apoio indispensável e não pode “trancar recursos”.

(Com Estadão Conteúdo)

Publicidade