Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Consumidores confessam: 73% das marcas não fazem falta

Maioria das pessoas não confia nas companhias e questiona sua honestidade; estudo também apontou as marcas mais significativas e fez menção positiva à Petrobras. Google é a marca mais importante.

Por Da Redação
12 jun 2013, 16h58

A importância das marcas para o consumidor é relativa. Se 511 dos principais selos globais desaparecessem amanhã, eles não seriam notados. A conclusão é do estudo MeaningfulBrands (marcas significativas, em tradução livre), divulgado pelo grupo Havas Media, que ouviu a opinião de 134 mil consumidores de 23 países sobre 700 marcas.

De acordo com o estudo, a indiferença às marcas varia por região. Na Europa, os entrevistados afirmaram que apenas 5% das marcas envolvidas na pesquisa são importantes em suas vidas. Já nos Estados Unidos, as pessoas não se importariam se 92% das marcas deixassem o mercado.

A pesquisa aponta que a importância dada às marcas é maior na Ásia e na América Latina. No primeiro mercado, 49% das marcas são significativas – os 51% poderiam desaparecer, contudo. Para os latino-americanos, o eventual desaparecimento de 58% das marcas não traria nenhum impacto às suas vidas.

Consumidores desconfiados – Em escala global, 54% das pessoas não confiam nas marcas como um todo. Além disso, 68% dos entrevistados disseram que as marcas não se comunicam honestamente com seus clientes a respeito de compromissos e promessas.

Para as pessoas envolvidas no estudo, 71% das companhias deveriam se envolver ativamente na solução de problemas sociais. No entanto, eles acreditam que apenas 39% das empresas se dedicam a essas questões.

Continua após a publicidade

Petrobras – O MeaningfulBrands não informou o nome de todas as 700 companhias envolvidas no estudo. Apesar dissoo, a Petrobras foi a única companhia brasileira citada no estudo. Junto com a espanhola Repsol, também do setor petrolífero, e a empresa de economia mista Électricité de France (EDF), a Petrobras foi apontada como uma empresa que está “quebrando barreiras e ganhando níveis de importância cada vez maior” para os consumidores.

As marcas mais importantes – O estudo também listou as marcas mais importantes para os entrevistados. A lista tem gigantes do setor de tecnologia, empresas de alimentos, varejistas e marcas de eletrodomésticos. Confira:

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.