Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Consulta ao BNDES recua 5,1% em maio em base anual

Por Vinicius Neder

Rio – Apesar da alta de 27% no valor das consultas para financiamento de projetos no Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) de janeiro a maio, na comparação com os cinco primeiro meses de 2011, uma freada em maio retratou o ritmo lento da atividade econômica. As consultas caíram 5,1% em maio ante maio do ano passado. Em maio último, as consultas somaram R$ 17,990 bilhões.

Nos cinco primeiro meses do ano, foram R$ 92,5 bilhões, 27% acima de igual período de 2011. O BNDES liberou R$ 43,8 bilhões em financiamentos de janeiro a maio, aumento de apenas 1% na comparação com os cinco primeiros meses de 2011, informou o banco de fomento na última quinta-feira.

O desempenho das consultas em maio também registrou queda de 4,9% em relação a abril, quando somaram R$ 18,918 bilhões. A alta nos cinco primeiros meses deste ano foi concentrada no segmento de coque, petróleo e combustível, que respondeu por consultas no valor de R$ 15,269 bilhões, ou 843% a mais na comparação com janeiro a maio de 2011.

A consulta é o encaminhamento do pedido de apoio financeiro ao BNDES, primeiro passo do processo de solicitação de crédito. Por isso, é considerado “termômetro” das perspectivas de investimento, por mostrar a disposição do empresário em investir.

“O indicador das consultas é muito poderoso das intenções de investimento à frente”, explicou o superintendente da Área de Planejamento do BNDES, Cláudio Leal, em entrevista na quinta-feira.