Construção civil abre 36,2 mil vagas no país em janeiro

Em 12 meses, número de novas vagas foi de 82 mil postos; região sudeste concentra o maior número de contratações

Por Da Redação - 11 mar 2013, 11h40

O nível de emprego na construção civil brasileira cresceu 1,07% em janeiro na comparação com dezembro, com a criação de 36,2 mil vagas no país, de acordo com pesquisa mensal feita pelo Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo (SindusCon-SP) em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV).

No acumulado de 12 meses, o número de trabalhadores empregados cresceu 2,44%, com a criação de 82 mil postos. Com o resultado, a construção brasileira empregava no final de janeiro 3,410 milhões de trabalhadores com carteira assinada.

Conforme o levantamento, no mês de janeiro o emprego na construção registrou declínio apenas na região norte em relação a dezembro (-0,17%). No centro-oeste, houve alta de 1,97%; no sul, 1,71%; no sudeste, 1,17%; no nordeste, 0,47%.

Dos 3,410 milhões de trabalhadores com carteira assinada empregados ao final de janeiro, cerca de 1,723 milhão estavam no sudeste, 727,3 mil no nordeste; 474,6 mil no sul; 273,9 mil no centro-oeste e 210,8 mil no norte.

Publicidade

No estado de São Paulo, o número de contratações cresceu 1,37% em janeiro ante dezembro, com a abertura de 11,9 mil vagas.

Leia também:

Nível de atividade da indústria da construção recua

Setor de construção cobra novos investimentos do governo

Publicidade

Publicidade