Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Conheça o Travel Pony: o Decolar dos ricos

Site economiza em propaganda e oferece descontos para diárias em hotéis de luxo, mesmo que os clientes, em teoria, não estejam a fim de economizar

Por Da Redação 18 fev 2014, 22h20

Os sites de comparação de preços de hotéis se tornaram negócio manjado e vêm tomando cada vez mais o espaço das agências de viagem. Em alguns casos, oferecem preços mais convidativos e parcelam em mais de 10 vezes, tornando pacotes mais acessíveis. Contudo, uma startup criada no final do ano passado tem oferecido uma ferramenta de comparação de preços diferente quando se trata de cotação de diárias. O site Travel Pony não só oferece tarifas próprias para a hospedagem em hotéis de alto padrão, como também compara seus preços com aqueles oferecidos por sites como Expedia, Hoteis.com e Hotelclub.com. Em todas as consultas feitas pelo site de VEJA, o Travel Pony ofereceu diárias de valor até 15% menor.

Uma hospedagem no hotel Ritz-Carlton, em Nova York, de 1 a 7 de março, sai por 385 dólares no Travel Pony. A mesma escolha no Expedia fica em 584 dólares. No luxuoso hotel Palace (imagem abaixo), o site mostra tarifa de 405 dólares por noite no quarto categoria Superior. O valor total da hospedagem, com taxas, fica em 2.820 dólares. Já no Expedia, a única suíte disponível é a Tower Corner Suite, para três pessoas, por 1.995 dólares a diária. Pesquisamos no próprio site do Palace. Ali, a menor tarifa média era de 382 dólares, sem taxas. Contudo, quando se acrescenta os 390 dólares em taxas pelo total da hospedagem, o valor da viagem sobe para 3.043 dólares.

Cotação Travel Pony
Cotação Travel Pony VEJA

Leia também:

Cinco viagens de luxo mais baratas que o Carnaval de Salvador

Conheça as 7 melhores operadoras de cruzeiro do mundo

Continua após a publicidade

As tarifas mais baratas são garantidas, segundo os administradores, porque o Travel Pony não gasta com propaganda. Enquanto os grandes sites de viagem são também grandes parceiros de anúncio do Google, o Travel Pony não investe sequer um dólar nesse tipo de divulgação. Contudo, cada usuário, ao concluir uma compra, é convidado a compartilhar o ‘achado’ em alguma rede social – e é com base nessa ferramenta que a divulgação é feita.

A startup, localizada em Nashville, no Tennessee, trabalha especialmente com destinos de alta demanda turística, como Nova York, Paris, Londres, Las Vegas e Los Angeles. No Brasil, a única cidade disponível é o Rio de Janeiro. Contudo, a escassez de hotéis de alto padrão na cidade faz com que os descontos no Travel Pony sejam praticamente irrelevantes.

Leia também:

As 10 melhores cidades para se conhecer em 2014

Os 10 melhores países para se visitar em 2014; Brasil lidera ranking

Serviço ruim é o gargalo do turismo no Rio de Janeiro

Continua após a publicidade
Publicidade