Clique e assine a partir de 8,90/mês

Conheça o maior diamante descoberto em mais de um século

Pedra de 1.111 quilates foi encontrada em Botsuana e ainda não tem preço estipulado

Por Da Redação - 19 nov 2015, 16h04

Um diamante de 1.111 quilates foi descoberto pela empresa Lucara Diamond, em Botsuana. A pedra Type-IIa, um pouco menor do que uma bola de tênis, é a maior descoberta em 100 anos, de acordo com a Lucara. Segundo informou a agência Bloomberg nesta quinta-feira, o diamante foi extraído por máquinas em uma mina localizado no centro do país.

A mina de Karowe, da Lucara, rivaliza com a mina da Gem Diamonds, em Lesoto, como fonte das maiores e melhores pedras do mundo. A Gem Diamonds detinha o recorde para o maior descoberto neste século, de 603 quilates.

“É quase impossível estimar um valor para uma pedra tão extraordinária, dado que uma avaliação é altamente dependente da cor, claridade e características de corte e polimento,” disse Edward Sterck, analista da BMO Capital Markets.

A companhia afirma ter vendido em julho um Type-IIa de 341,9 quilates por 20,6 milhões de dólares, ou seja, cada quilate é avaliado em 60 mil dólares. As ações da companhia saltaram 37% no pregão da bolsa de Toronto, maior ganho ocorrido em uma sessão antes do fechamento desde 2008.

Profissionais da companhia acreditam que a pedra será vendida ainda neste ano. “Ainda precisamos ver como podemos realmente obter o máximo valor para a pedra”, disse o diretor executivo de Lucara, William Lamb. “Vai levar tempo para obtermos informações completas sobre ela.”

Leia também:

Diamante ‘Blue Moon’ é leiloado por US$ 48,4 milhões

Magnata chinês é o comprador do diamante mais caro do mundo

(Da redação)

Continua após a publicidade
Publicidade