Clique e assine a partir de 9,90/mês

Congresso americano prevê crescimento de 2,3% em 2011

Trata-de de uma alta menor que os 3% registrados em 2010. Já para 2012, a previsão é de 2,7% de crescimento

Por Da Redação - 24 ago 2011, 12h05

Os indicadores já levam em conta a “lei de controle do orçamento”, o compromisso aprovado pelo Congresso que permitiu elevar o teto legal da dívida pública americana

O crescimento do PIB nos Estados Unidos será de 2,3% neste ano, após os 3,0% registrados em 2010. Já para 2012, a previsão é de leve aceleração, com crescimento previsto em 2,7%. As informações foram divulgadas pelo gabinete de orçamento do Congresso (CBO). Ainda de acordo com as previsões, o déficit orçamentário dos EUA deve retroceder a 8,5% do PIB em 2011, e a 6,2% em 2012.

O exercício orçamentário 2011 termina no dia 30 de setembro. Segundo o CBO, o déficit anual dos Estados Unidos para esta data deve se manter praticamente igual em relação ao exercício anterior, em 1,284 trilhão de dólares, contra 1,294 trilhão em 2010. Levando-se em conta o crescimento econômico, a relação déficit/PIB deve, no entanto, cair 0,4 ponto, a 8,5%.

Para o exercício seguinte, o CBO prevê um déficit de 973 bilhões de dólares, que representam 6,2% do PIB. O órgão afirma que suas previsões levam em conta a “lei de controle do orçamento”, o compromisso aprovado pelo Congresso no início de agosto que permitiu elevar o teto legal da dívida pública americana em troca de cortes nos gastos orçamentários.

Continua após a publicidade

(Com Agência France-Presse)

Publicidade