Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Confiança na construção cai 10,2% na médial trimestral

Por Da Redação 13 dez 2011, 10h39

Por Fernando Nakagawa

Brasília – O otimismo do setor da construção civil diminui a cada trimestre. Nova pesquisa realizada pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e pelo Banco Central (BC) mostram que o Índice de Confiança da Construção (ICST) registrou queda de 10,2% na média móvel trimestral até novembro, na comparação com igual período de 2010. O ritmo de queda é menor que o observado no trimestre até outubro de 2011, quando a retração estava em 10,4%.

De acordo com a pesquisa, o ICST ficou em 125,1 pontos na média móvel trimestral até novembro, ante 127,7 pontos em outubro. O índice oscila de 0 a 200 pontos e pontuação acima de 100 sinaliza otimismo do setor. Abaixo desse patamar, portanto, há pessimismo. “O dado não mostra que o setor está em queda de atividade, sinaliza que a construção civil deve ter patamar diferente de crescimento, menor”, explica Ana Maria Castelo, professora da FGV e responsável pela pesquisa.

A pontuação registrada em novembro foi a menor desde o começo da nova série histórica, iniciada em setembro de 2010. No ponto mais elevado da pesquisa, foram registrados 145,1 pontos no primeiro mês do levantamento.

Continua após a publicidade
Publicidade