Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Confiança do consumidor nos EUA cresce em setembro

Por Clarissa Mangueira

Nova York – O índice de confiança do consumidor norte-americano, medido pelo Conference Board, subiu para 45,4 em setembro, da leitura revisada de 45,2 em agosto. O resultado ficou abaixo do previsto por economistas, que esperam aumento do índice para 46. Em julho, o índice de confiança do consumidor foi de 59,2.

O índice de situação presente, que mostra a avaliação dos consumidores em relação às atuais condições econômicas dos Estados Unidos, caiu para 32,5 em setembro, de 34,3 revisados em agosto. O índice de expectativa dos consumidores para os próximos seis meses aumentou para 54,0 em setembro, de 52,4 revisado em agosto.

No que diz respeito ao emprego, apenas 5,5% dos entrevistados disseram haver “oferta ampla” de emprego, acima de 4,8% em agosto, enquanto 50,0% consideraram “difícil” conseguir um emprego, acima de 48,5% em agosto. O porcentual de consumidores esperando mais emprego nos próximos meses subiu para 12,0% em setembro, de 11,8% em agosto, enquanto os consumidores esperando por oferta menor de emprego caiu para 28,6%, de 31,2%.

A pesquisa mostrou também que 13,3% dos consumidores esperam que sua renda aumente nos próximos seis meses, ante 14,3% em agosto. A vasta maioria, 68,7%, afirmou que não esperava alteração na renda, ante 66,9% em agosto.

As expectativas de inflação recuaram levemente neste mês. Segundo o relatório, os consumidores, em média, disseram esperar que a inflação acelerará para 5,57% em 12 meses a partir de agora, ante a taxa de 5,9% projetada em agosto. As informações são da Dow Jones.