Clique e assine a partir de 8,90/mês

Confiança do consumidor cai para menor nível desde março de 2010

Segundo pesquisa da Fundação Getúlio Vargas, índice caiu 2% entre fevereiro e março, mostrando que confiança está muito aquém da desejada

Por Da Redação - 25 mar 2013, 10h07

A confiança do consumidor está caindo, de acordo com pesquisa da Fundação Getúlio Vargas (FGV), divulgada nesta segunda-feira. O Índice de Confiança do Consumidor (ICC) caiu 2% em março ante fevereiro, após registrar uma queda de 1,4% no segundo mês em relação a janeiro, na série com ajuste sazonal.

Com o resultado, o desempenho do indicador, que é calculado dentro de uma escala de pontuação de até 200 pontos (sendo que, quanto mais próximo de 200, maior o nível de confiança do consumidor), foi de 116,2 pontos em fevereiro para 113,9 pontos em março, o menor nível desde março de 2010 (111,6 pontos).

Leia também:

Vendas do varejo crescem 5,9% em janeiro, diz IBGE

O ICC é dividido em dois indicadores: o Índice de Situação Atual (ISA), que mostrou queda de 3,4% este mês após mostrar queda de 2,3% em fevereiro, e o Índice de Expectativas (IE), que caiu 1,5% em março após apresentar desaceleração de 0,8% em fevereiro.

“A comparação dos níveis deste indicadores com as respectivas médias históricas mostra que o consumidor brasileiro encontra-se hoje pouco satisfeito com a situação atual e neutro (nem otimista nem pessimista) em relação ao futuro próximo”, informou a FGV em comunicado oficial.

Ainda segundo a fundação, o ICC caiu 7% em março na comparação com igual mês em 2012. No mês passado, o indicador havia caído de forma menos intensa nesta comparação, tendo registrado queda de 3% ante fevereiro de 2011. O levantamento abrange amostra de mais de 2 mil domicílios, em sete capitais, com entrevistas entre os dias 1º. e 20 de março.

(com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade
Publicidade