Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Confiança do comércio tem a pior queda desde maio

Por Da Redação 10 jan 2012, 08h19

Por Alessandra Saraiva

Rio – A queda de 6,8% no Índice de Confiança do Comércio (Icom) no quarto trimestre do ano passado foi o pior resultado do indicador desde maio de 2011, início da série trimestral do índice. Em comunicado, a Fundação Getúlio Vargas (FGV), que realiza a pesquisa em parceria com o Banco Central (BC), reiterou pela segunda vez consecutiva que o desempenho confirma momento de desaceleração no comércio.

As empresas do setor tornaram-se menos otimistas quanto à expectativa de vendas para os próximos meses. Das 1.244 empresas pesquisadas, a parcela de entrevistadas que aguardam melhora nas vendas nos próximos três meses caiu de 60,7% para 56,2% de novembro para dezembro. Já a fatia das que esperam piora cresceu de 6,7% para 10,1%.

O Icom é calculado a partir de tópicos da Sondagem do Comércio, e representa desempenho consolidado de cinco segmentos. Todos apresentaram queda de confiança em dezembro de 2011 contra dezembro de 2010; e no quarto trimestre do ano passado, contra igual período em 2010. Na evolução mensal, houve recuos em varejo restrito (-3%); veículos (-14,9%); material para construção (-0,3%); varejo ampliado (-4,5%) e atacado (-9,7%).No desempenho trimestral, houve quedas respectivas de -5,6%; de -13,9%; de -4,2%; de -6,7% e de -7% em cada um dos segmentos.

Continua após a publicidade
Publicidade