Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Comitê do Senado americano aprova Yellen para comandar o Fed

Vice-presidente pode ser tornar a primeira mulher a comandar o Banco Central dos EUA; seu nome ainda precisa ser aprovado no plenário em votação que deve ocorrer em dezembro

O Comitê Bancário do Senado dos Estados Unidos aprovou a indicação de Janet Yellen para se tornar a primeira mulher a comandar o Federal Reserve, enviando o seu nome para aprovação do plenário do Senado. A votação final deve ocorrer em dezembro.

Se confirmada, como é amplamente esperado, a atual número dois do banco central norte-americano substituirá o chairman Ben Bernanke quando o mandato dele acabar, em 31 de janeiro, transformando-a na mulher mais poderosa no mundo das finanças. A aprovação de Yellen no Comitê foi por 14 votos a 8.

Ao nomear Yellen, em outubro, Obama afirmou que ela é “uma das melhores economistas e especialistas em política monetária da nação”. “Ela é comprovadamente uma líder e ela é ‘durona’, e não apenas por ser do Brooklyn”, disse Obama, em tom de brincadeira. Yellen trabalha no Fed desde 2004 e conhece os meandros da instituição. Segundo o The New York Times, a economista formada em Yale almejava trabalhar no órgão desde os tempos de faculdade. Ela é casada com o ganhador do Nobel da Economia George Akerlof.

Leia também:

Obama indica Yellen à chefia do Fed; mas Senado terá de aprovar

Política monetária será expansionista por muito tempo, diz Yellen

(com agência Reuters)