Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Comissão Europeia pede pressa no lançamento de fundo

Por Da Redação 12 out 2011, 13h53

Por Gabriel Bueno

Bruxelas – A Comissão Europeia pediu hoje que os governos liberem a sexta parcela de ajuda emergencial à Grécia e se apressem para lançar o Mecanismo de Estabilidade Europeu (ESM, na sigla em inglês), fundo permanente de resgate da zona do euro. O braço executivo da UE disse que o ESM deveria entrar em operação em julho de 2012, e não em meados de 2013 como anteriormente planejado.

Governos europeus acreditam que o ESM, que tem capital próprio, é um modo mais eficiente de realizar empréstimos para ajudar instituições com problemas de caixa. A comissão presidida por José Manuel Barroso apoiou os passos para reforçar os bancos europeus. Segundo Barroso, os bancos devem assegurar a solidez dos bancos elevando temporariamente sua taxa de capital.

Os bancos que necessitem de capital devem levantar essas quantias no mercado financeiro, se possível, defendeu a comissão. Já os governos nacionais precisam estar prontos a fornecer capital, caso as instituições não consigam o dinheiro de fontes privadas.

A Linha de Estabilidade Financeira Europeia (EFSF, na sigla em inglês), fundo de ajuda temporária da zona do euro, deve estar pronta a emprestar dinheiro aos governos para recapitalizar os bancos europeus como um último recurso, segundo a comissão. As informações são da Dow Jones.

Continua após a publicidade

Publicidade