Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Comissão Europeia diz que alarme gerado por reunião do G7 é ‘exagerado’

Por Da Redação 5 jun 2012, 10h37

Bruxelas, 5 jun (EFE).- A Comissão Europeia afirmou nesta terça-feira que considera ‘exagerado’ o alarme gerado pela teleconferência realizada hoje pelos ministros de Finanças do G7 para discutir a crise da zona do euro, com a Espanha no centro das preocupações.

‘É um exagero. Estivemos em crise durante um tempo e esse sentimento de alarme não é surpreendente ou notícia para ninguém’, afirmou o porta-voz de Assuntos Econômicos e Monetários, Amadeu Altafaj, na entrevista coletiva diária da Comissão Europeia.

O funcionário explicou que a teleconferência é uma troca regular de informação entre a União Europeia (UE) e seus sócios internacionais porque todos entendem que é preciso se trabalhar de maneira conjunta numa reposta à crise.

‘Não descreveria nenhum destes intercâmbios regulares como extraordinários ou reuniões de alarme ou alerta pela crise’, insistiu.

Altafaj esclareceu além disso que a UE compartilha a preocupação existente e informa com frequência a seus parceiros internacionais da situação na zona do euro e das medidas que estão sendo adotadas, como os esforços de consolidação fiscal e as ações para combater a fragilidade bancária e impulsionar o crescimento econômico.

‘Que exista uma preocupação pela situação na Europa é normal’, continuou o porta-voz, que lembrou que os Estados Unidos se mostraram confiantes na resposta que a UE está dando à crise.

‘Não há divergências de pontos de vista quando se trata da maneira de proceder na resposta global a esta crise’, assegurou.

A Comissão também respondeu perguntas sobre supostas declarações feita ontem por um porta-voz da Casa Branca, que disse que o mercado seguia cético sobre as medidas da UE.

‘Li uma declaração de Obama dizendo que tem confiança na capacidade da UE de fazer frente à crise, talvez nós não lemos as mesmas agências de notícias’, sustentou o porta-voz comunitário Olivier Bailly. EFE

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês