Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Comgás: Graça Foster pode melhorar relação com estatal

Por Luciana Collet

São Paulo – O diretor de Finanças e Relações com Investidores da Comgás, Roberto Lage, disse hoje que a presença de Maria das Graças Foster na presidência da Petrobras pode melhorar as negociações com a companhia, tendo em vista os conhecimentos da executiva que, até a semana passada, era diretora de Gás e Energia da estatal. “Ela entende o mercado de gás, conhece, então imaginamos que temos uma possibilidade melhor de discutir essas questões junto com a Petrobras”, disse, destacando que, dentro do plano estratégico da Petrobras, está prevista a maior utilização de gás. “Imaginamos conseguir manter preços competitivos.”

Por ora, o executivo não vê a possibilidade de contratação firme de gás de novos contratos e deve aguardar o vencimento dos contratos hoje em vigor para realizar novas contratações. Ele ressaltou, no entanto, que a companhia já possui contratos suficientes para a demanda atual.

O primeiro contrato da Comgás a vencer, além daqueles de curto prazo negociados em leilão, é um contrato firme flexível de 1 milhão de metros cúbicos diários, que se encerra em dezembro próximo. “Daí para a frente negociaremos um volume maior. O que me preocupa mais é o contrato de 5 milhões de metros cúbicos/dia que vence no final de 2013”, disse.

Lage afirmou que a ideia da Comgás é fazer com que esses dois contratos “andem juntos”, possivelmente aumentando a parcela de 5 milhões. Ele ressaltou que as negociações ainda não começaram.