Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Com a greve de caminhoneiros, diesel fica em média 5,36% mais caro

Levantamento realizado pela ANP mostra que gasolina, diesel, etanol e gás de cozinha tiveram seus preços médios valorizados na semana passada

Por Redação
Atualizado em 28 Maio 2018, 10h11 - Publicado em 28 Maio 2018, 09h43

O preço dos combustíveis subiu na semana passada, período em que a greve dos caminhoneiros levou a falta de produtos nas bombas de postos de todo o país e ao aumento de preços. De acordo com o levantamento pela Agência Nacional de Petróleo (ANP), o litro do diesel, principal motivo para as reivindicações dos trabalhadores, saltou de 3,595 reais para 3,788 reais entre a semana encerrada no último dia 26 e a pesquisa anterior – finalizada em 19 de maio. Alta de 5,36% no período.

O aumento no óleo levou os caminhoneiros autônomos a iniciarem uma paralisação que já dura 8 dias. Nesta segunda-feira, o governo publicou decreto em que outras medidas prevê a redução de 0,46 centavos no preço do diesel, ainda assim algumas rodovias seguem paradas.

O preço médio mais caro do diesel foi a do Acre, 4,722 reais, e o mais barato foi o do Paraná, por 3,596 reais.

O custo médio da gasolina saiu de 4,284 reais para 4,435 reais de uma semana para outra. Por Estado, o maior custo médio para a gasolina foi encontrado no Acre, 5,053 reais. Já a menor cotação média foi a de Santa Catarina: 4,168 reais por litro.

Continua após a publicidade

O etanol que era vendido por 2,784 reais fechou a semana passada custando 2,818 reais.

O álcool mais caro é do Acre (4,102 reais por litro), enquanto o mais barato é o do Mato Grosso (2,602 reais).

O botijão de gás de 13 kg também ficou mais caro, passando de 66,97 reais para 67,02 reais.

As variações são ainda maiores: enquanto no Mato Grosso o preço médio é de 96,55 reais, na Bahia o valor 57,80 reais.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.