Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Codelco obtém US$6,75 bi para opção de compra de parte da Anglo

Por Da Redação 12 out 2011, 13h03

SANTIAGO (Reuters) – A gigante estatal do cobre chilena Codelco anunciou na quarta-feira que obteve da japonesa Mitsui & Co. um empréstimo-ponte de 6,75 bilhões de dólares que lhe possibilitará exercer uma opção de adquirir uma participação de 49 por cento na Anglo American Sur.

A Codelco, que é a maior produtora mundial de cobre, disse em comunicado à imprensa que poderá exercer sua opção durante um período de 30 dias que começa em 1 de janeiro. Juntamente com o empréstimo, ela assinou com a Mitsui um contrato anual de venda de 30 mil toneladas de cobre.

“Se exercermos a opção de compra, como estamos prevendo, antevemos trabalhar estreitamente com a Anglo American, com a qual já temos um relacionamento de colaboração mútua nas minas Andina e Los Bronces”, disse no comunicado o CEO da Codelco, Diego Hernandez.

Hernandez declarou que a opção é “uma ótima oportunidade de investimento” para a Codelco, acrescentando que a volatilidade de preços que levou a fortes vendas nos futuros do metal vermelho nas últimas semanas não afetou as decisões de investimento da companhia.

Em 2009 a Codelco deixou passar a opção de adquirir uma participação em propriedades da Anglo American Sur, entre as quais as minas de Los Bronces e El Soldado, a fundição de Chagres e os projetos de exploração de Los Sulfatos e San Enrique Monolito.

A Anglo American Sur é uma das três empresas da Anglo American no Chile.

A Codelco disse que fechou um segundo acordo que lhe dá o direito, mas não a obrigação, de pagar parte do empréstimo feito pela Mitsui por meio da venda de uma participação indireta em metade das ações da Anglo Sur adquiridas.

Ela disse que essa venda seria baseada em uma avaliação de cerca de 9,76 bilhões de dólares da participação de 49 por cento nas ações da Anglo American Sur.

(Reportagem de Fabian Cambero, Antonio de la Jara, Alexandra Ulmer, Simon Gardner)

Continua após a publicidade

Publicidade