Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Clima para comércio nos EUA cai, mas ainda bate Brics–relatório

Por Da Redação - 23 maio 2012, 14h19

WASHINGTON, 23 Mai (Reuters) – O clima nos Estados Unidos para companhias de comércio piorou nos últimos anos, mas é muito melhor que em grandes economias emergentes como Brasil, China e Índia, mostrou um relatório global de viabilidade comercial divulgado nesta quarta-feira.

“Os Estados Unidos ocupam a 23a posição neste ano (entre 132 países), dando continuidade à tendência de queda -resultado de infraestrutura em deterioração e de ambiente regulatório menos propício”, afirmou o Fórum Econômico Mundial baseado em Genebra no relatório “The Global Enabling Trade Report 2012”.

Os EUA ficaram em 19o lugar no documento de 2010, e em 16º em 2009. Entre os Brics (grupo que reúne, além do Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul), o Brasil subiu para o 84o lugar, a partir do 87o. A Rússia melhorou levemente sua posição, caminhando do 114o posto, registrado em 2010, para o 112o.

O documento leva em conta vários fatores na avaliação dos países, incluindo o peso das tarifas sobre importações, procedimentos aduaneiros, qualidade de transporte e redes de telecomunicações, a quantidade de regulamentação e segurança em geral.

Publicidade

Os países que integram o grupo de nações emergentes têm políticas tarifárias mais restritivas que os EUA e foram piores que Washington em quase todos os outros quesitos analisados no estudo, acrescentou o relatório.

A economista-sênior do Fórum Econômico Mundial Margareta Drzeniek, que ajudou a preparar o relatório, afirmou que um tema importante neste ano é como o clima para negócios está mudando.

“É realmente importante para o setor que possa mover os bens de um país para outro muito rápido, com custo baixo. Isso demanda infraestrutura eficiente. Exige-se administração de fronteiras leve e previsível”, declarou.

(Reportagem de Doug Palmer)

Publicidade