Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Claro espera resposta da Anatel sobre liberação de venda

Por Eduardo Rodrigues – eduardo.rodrigues@grupoestado.com.br

Brasília – O presidente da Claro, Carlos Zenteno, disse nesta segunda-feira à Agência Estado esperar que a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) possa dar uma resposta positiva ainda hoje ao plano de investimento detalhado que a companhia apresentou na sexta-feira. Desde a zero hora de hoje a Claro está proibida de vender novas linhas em três Estados – em Santa Catarina, no Sergipe e em São Paulo – e só poderá voltar a comercializar chips para novos clientes se o órgão regulador aceitar sua proposta de melhoria de qualidade de serviço.

“Entregamos um plano ainda na quinta-feira e na sexta-feira voltamos com um maior detalhamento solicitado pela Anatel. Incluímos os dados por unidade da federação, o nosso aumento projetado da capacidade mês a mês e os planos de investimento para a Copa do Mundo e as Olimpíadas. Também entregamos o nosso plano de construção de um cabo submarino ligando Rio de Janeiro a Fortaleza e Miami, cujas obras já começaram”, afirmou Zenteno. Segundo ele, a empresa está cumprindo todas as determinações da Anatel, inclusive mandou colocar comunicados em todos os pontos de venda explicando a suspensão da comercialização.

Zenteno disse que a Claro por enquanto não deve entrar na Justiça contra a medida da Anatel, e que ainda nesta manhã terá uma reunião com a agência. “Teremos uma reunião agora às 11h30 para saber a avaliação que a Anatel fez durante o fim de semana. Estamos confiantes em uma resposta positiva o mais rápido possível, talvez ainda hoje.”