Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Cinco viagens de luxo mais baratas que o Carnaval de Salvador

Pacote individual para aproveitar a folia baiana chega a 10 000 reais; confira lista com opções para duas ou mais pessoas pelo mesmo valor

Por Marília Carrera 14 fev 2014, 06h42

O calor, as praias e a música fazem de Salvador, ao lado do Rio de Janeiro, o principal destino de turistas durante o carnaval. Mas, para financiar a folia na capital baiana, o turista brasileiro tem de desembolsar valores muitas vezes espantosos – principalmente se quiser viajar com algum conforto. Um pacote para uma pessoa que inclui passagem aérea saindo no dia 28 de fevereiro e voltando em 5 de março, hospedagem no hotel Stella Maris (categoria quatro estrelas), na CVC, custa cerca de 5.000 reais. Mas essa conta pode subir para 10.000 quando se leva em consideração os abadás para as festas mais disputadas da cidade.

Precisamente 5.180 reais são gastos na compra convites masculinos para cinco dias de festa. Para se ter uma ideia, apenas uma noite no Camarote Salvador, com bebidas e alimentação inclusas, sai por 1.590 reais. O abadá para o trio elétrico Coruja, comandado por Ivete Sangalo, custa 600 reais – e não se trata de área VIP, em que o preço sobe para 1.200 reais. Já um dia seguindo o trio da banda Asa de Águia sai por 800 reais – também sem ‘esquema’ VIP.

Leia também:

As 10 melhores cidades para se conhecer em 2014

Os 10 melhores países para se visitar em 2014; Brasil lidera ranking

Serviço ruim é o gargalo do turismo no Rio de Janeiro

Pelo mesmo valor do pacote para curtir o carnaval baiano, é possível custear uma viagem de luxo ao exterior para um casal. Tal situação evidencia não só a escassez de oferta turística de alto padrão no Brasil, como também os preços acima do mercado praticados pelo setor. Nem mesmo a desvalorização do real nos últimos meses fez com que a viagem ao carnaval baiano compensasse – se comparada a um tour de uma semana em Paris, na França, com hospedagem cinco estrelas. “No Brasil, a indústria de turismo tem o costume de onerar seus valores em alta temporada. Lá fora, a meu ver, o aumento dos preços não é tão agressivo”, afirma Magda Nassar, da Associação Brasileira das Operadoras de Turismo.

O site de VEJA pesquisou cinco roteiros de viagem para o carnaval com valores semelhantes ao do pacote de Salvador. Porém, tais passeios podem ser feitos por duas – e até mesmo quatro pessoas, dependendo do país escolhido.

Continua após a publicidade
Publicidade