Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Cinco mitos sobre os homens mais ricos do mundo

Mark Zuckerberg, George Soros e Warren Buffet são bilionários, mas a forma como construíram suas fortunas difere — e muito — do convencional

Por Da Redação 30 set 2014, 21h05

Ao contrário do que muitos pensam, alguns bilionários podem surpreender com histórias de vida, ideias e iniciativas que vão muito além de apenas dinheiro. O vice-presidente do departamento de estudos de governança do Brookings Institution e colunista do jornal norte-americano Washington Post, Darrell M. West, enumerou cinco mitos que pairam sobre os maiores bilionários do mundo. Personalidades como Mark Zuckerberg não dependeram de Wall Street para acumular sua riqueza, por exemplo. Lideranças como Steve Jobs vieram de uma classe social mais modesta e não enriquecerem com herança. Megainvestidores como Warren Buffet também podem defender causas nem tão conservadoras. Saiba quais são os cinco mitos sobre os homens mais ricos do mundo.

Leia também:

Forbes: Carlos Slim desbanca Bill Gates e é o mais rico do mundo

Conheça as 10 famílias mais ricas da Europa – e saiba quem é o brasileiro da lista

Conheça as dez famílias mais ricas dos Estados Unidos

Continua após a publicidade
Publicidade