Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

China irá estimular investimento privado no setor de energia

Por Da Redação
23 Maio 2012, 09h38

XANGAI/PEQUIM, 23 Mai (Reuters) – A China sinalizou nesta quarta-feira que quer aumentar o investimento privado no setor de energia, em linha com as recentes divulgações de planos do governo para acelerar o investimento e infraestrutura, a fim de combater uma desaceleração prolongada da economia.

Isso segue-se ao plano anunciado para permitir investimentos privados no vasto setor ferroviário, que está em dificuldade por causa de grandes dívidas e de um escândalo de corrupção, ao mesmo tempo em que tenta resolver o gargalo de infraestrutura.

Permitir que empresas privadas coloquem dinheiro nas ferrovias e nos setores bancário, energético e de saúde irá impulsionar a segunda maior economia do mundo, à medida em que o governo evita novos estímulos fiscais.

Mas analistas duvidam que haverá qualquer efeito rápido.

O governo prometeu publicar diretrizes detalhadas para encorajar investimento privado em importantes setores controlados pelo Estado, mas a velocidade em que elas serão implementadas continuam em dúvida, dada a forte resistência de gigantes estatais.

Continua após a publicidade

“É uma ambição fantástica, mas é muito complicada, uma vez que envolve muitas coisas”, disse o economista-chefe para a China do Standard Chartered Bank em Hong Kong, Stephen Green.

“É impossível quantificar até vermos detalhes, mas isso pode levar anos para ter algum impacto”, ele disse.

Tal abertura de mercado exige reformas governamentais profundas e passos para diminuir “interesses atribuídos” -gigantes estatais que buscam manter suas posições de monopólio e tendem a resistir a reformas.

(Reportagem de Pete Sweeney e Langi Chiang; reportagem adicional de Don Durfee e Kevin Yao em Pequim)

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.