Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Chevron tem novo vazamento e é autuada pela ANP

Por Sabrina Lorenzi e Jeb Blount

RIO DE JANEIRO, 15 Mar (Reuters) – A Chevron identificou nova fonte de vazamento de petróleo no campo de Frade, na Bacia de Campos (RJ) nesta quinta-feira, e foi atuada mais uma vez pela Agência Nacional do Petróleo (ANP) por não adotar medidas para evitar novo incidente.

A região é a mesma onde as atividades exploratórias da empresa norte-americana já haviam causado um derramento em novembro do ano passado, informaram a empresa e o órgão regulador brasileiro nesta quinta-feira.

A Chevron Brasil, confirmou por nota que identificou o novo vazamento durante monitoramento do Campo de Frade. A empresa informou, no entanto, que apenas “algumas pequenas bolhas foram vistas na superfície” nesta quinta-feira.

A empresa informou que “dispositivos de contenção foram imediatamente instalados para coletar gotas, pouco frequentes… a Chevron Brasil está investigando a ocorrência”.

ANP

O novo vazamento deve estar vindo de fissuras no fundo do mar e não do poço da Chevron que foi abandonado após o acidente ocorrido em novembro, afirmou à Reuters a assessoria de imprensa do órgão regulador brasileiro.

A ANP ainda não informou o volume do óleo que vazou no local, mas pondera que deve ser uma pequena quantidade, dado o tamanho da mancha que surgiu na região.

Após a confirmação do vazamento, a ANP voltou a autuar a petroleira, informando que a empresa não havia atendido notificação da agência na apresentação de medidas necessárias para evitar novo vazamento por fissuras no fundo do oceano.

QUESTÃO DE MESES

A companhia pediu à agência reguladora para suspender temporariamente as operações em Campo de Frade.

Em entrevista coletiva, um executivo da companhia disse nesta quinta-feira que espera que a suspensão das operações no Campo de Frade, na Bacia de Campos (RJ), seja uma “questão de meses”.

A Chevron, porém, não alterou nenhum plano de investimento no Brasil, afirmou Rafael Jaen Williamson, diretor de assuntos corporativos da companhia norte-americana.

A assessoria de imprensa da ANP informou que a agência vai verificar se a Chevron cumpriu adequadamente todos os procedimentos de cimentação do poço onde houve vazamento.