Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Chevron ainda não foi notificada de decisão da Justiça

Por Mônica Ciarelli

Rio – A Chevron informou há pouco, por meio de nota à imprensa, que ainda não foi notificada da decisão da Justiça Federal de proibir a saída do País de 17 executivos e funcionários da petroleira norte-americana e da Transocean investigados pelos vazamentos de petróleo na Bacia de Campos. Na nota, a empresa esclareceu que seus empregados vão acatar qualquer decisão judicial, mas, enfatizou que irá defender a companhia e seus trabalhadores.

A Chevron informou ainda que já suspendeu temporariamente a produção no Campo do Frade, na Bacia de Campos, sob autorização da Agência Nacional do Petróleo (ANP). Na nota, a companhia confirmou que, após um sobrevoo junto com a Marinha, na última sexta-feira, foi identificada uma “tênue mancha”, que corresponderia a de óleo estimado em meio litro.

Segundo a empresa, a mancha tem a extensão de um quilômetro e está localizado na mesma área onde foi encontrado uma fissura no fundo do mar esta semana. “A maior parte do óleo proveniente do afloramento está sendo coletado por equipamentos de contenção especialmente desenvolvidos para esse fim. Quando necessário, novos equipamentos de contenção serão instalados”, diz o comunicado.