Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

CCR estuda entrar no setor de aeroportos

Se a participação no setor for aprovada, os controladores – Andrade Gutierrez e Camargo Corrêa – devem repassar à CCR os seus ativos aeroportuários

Por Da Redação 29 ago 2011, 18h55

A CCR anunciou nesta segunda-feira, por meio de fato relevante, que o seu conselho de administração decidiu analisar a possibilidade de operar no setor de infraestrutura aeroportuária. Atualmente, a empresa atua em concessões rodoviárias; tem um investimento por meio de Parceria Público Privada (PPP) na linha 4 do metrô de São Paulo; é responsável pela inspeção veicular na capital paulista, através da Controlar; e detém 38,25% do capital social da STP, que opera os meios eletrônicos de pagamento Sem Parar e Via Fácil.

Se a participação da CCR no setor aeroportuário for aprovada, os acionistas controladores – Grupo Andrade Gutierrez e Grupo Camargo Corrêa – devem repassar para a CCR os ativos aeroportuários que já possuem. A Andrade Gutierrez faz parte do grupo que detém os aeroportos internacionais de Quito, no Equador, e da Costa Rica. Já o Grupo Camargo Corrêa é sócio no aeroporto internacional de Curaçau.

Segundo a CCR, será instituído um comitê independente que será responsável por analisar a potencial aquisição desses ativos, “em alinhamento com a Instrução 35 da CVM”. Ainda de acordo com o fato relevante divulgado pela empresa, “este comitê visa garantir que o processo seja transparente e justo para todos os acionistas da CCR”.

Futuramente, os acionistas também serão convocados a participar de Assembleias Gerais Extraordinárias para liberar sobre a mudança do objeto social da empresa (autorizando-a a atuar também no setor aeroportuário), assim como sobre a aquisição dos ativos (os três aeroportos nos quais a Andrade Gutierrez e a Camargo Corrêa possuem participação acionária).

(com Agência Estado)

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)