Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês

Casino planeja assumir controle do Pão de Açúcar em 2011

A manobra está prevista no acordo de acionistas da holding que controla a varejista brasileira; capital votante da família Diniz vale US$ 800 milhões

Por Da Redação 9 jun 2011, 11h28

O atual debate sobre uma possível união no Brasil das redes Carrefour e Pão de Açúcar pode terminar em “divórcio”, ironiza o jornal The Wall Street Journal. É que o Casino, grande rival do Carrefour na França e sócio da família Diniz na varejista brasileira, planeja exercer sua opção de compra do controle já no ano que vem.

A família Diniz e o Casino controlam o Grupo Pão de Açúcar por meio de uma holding, a Wilkes Participações SA, da qual cada parte tem 50%. A Wilkes é, por sua vez, a maior acionista da Companhia Brasileira de Distribuição, dona do Pão de Açúcar, com 65,6% do capital votante e 26% do total. O WSJ cita relatórios dos bancos Credit Suisse e UBS que explicam que o acordo de acionistas entre os dois grupos dá ao Casino a opção de comprar o controle do Pão de Açúcar a partir de 22 de junho de 2011. O documento também prevê que a rede francesa poderá escolher o presidente do conselho da Wilkes.

Pessoas a par da situação, ouvidas pelo jornal americano, afirmam que é justamente este o plano do Casino: assumir, de vez, o controle da brasileira. Se confirmado, a família Diniz teria a opção de sair da sociedade ao vender sua participação em ações ordinárias para o sócio francês. O capital votante de Diniz valeria cerca de 800 milhões dólares, diz o WSJ. O Casino quer exercer a opção e está pronto para adquirir o controle integral do Pão de Açúcar, se isso for necessário.

“O direito de controlar foi vendido em 2005”, diz uma das pessoas ouvidas pelo The Wall Street Journal. “O Casino pagou para ter a opção a partir de 2012.” Nem o Casino, nem o Pão de Açúcar nem Abilio Diniz, o patriarca da família, comentam o acordo. Nesta quarta-feira, o Pão de Açúcar voltou a afirmar que não há nenhuma negociação para uma eventual aliança com o Carrefour.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)