Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Cartões devem movimentar R$ 63 bilhões em dezembro

A previsão é da Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (Abecs); a receita esperada é 20,5% maior que a do Natal de 2009

Os cartões devem ter um dos melhores natais da história do segmento. Os cartões de crédito, débito e os emitidos por redes de varejo e lojistas devem movimentar 63 bilhões de reais este mês, alta de 30% ante novembro e de 20,5% ante dezembro de 2009, segundo dados divulgados hoje pela Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (Abecs). Ao todo, serão feitos este mês 773 milhões de pagamentos com cartões.

O presidente da Abecs, Paulo Rogério Caffarelli, avalia que o setor, após o forte crescimento apresentado nos últimos cinco anos, sempre com números de dois dígitos de expansão, vem conseguindo manter as taxas elevadas. O aumento da renda, principalmente da classe C, e a substituição dos meios de pagamentos tradicionais, como dinheiro e cheque, são os principais fatores que contribuem para a expansão. Este ano, por conta do aumento das promoções de shoppings, bandeiras e bancos, que sorteiam prêmios para quem pagar com cartão, os números devem bater recordes.

O Natal é a principal data do ano para empresas de cartões, seguido pelo dia das mães e o dia das crianças. Nos dias 23 e 24 de dezembro, as redes chegam a bater recorde de transações por segundo. Este mês, o gasto médio através do cartão de crédito deve ser de 224 reais, ante a média de 181 reais em meses anteriores. Somente os cartões de crédito devem movimentar 34,3 bilhões de reais, segundo as projeções da Abecs, alta de 25% ante novembro e de 19% ante o mesmo mês de 2009.

O Brasil deve encerrar dezembro com 628 milhões de cartões, dos quais 154 milhões são de crédito e 225 milhões emitidos por redes de varejos e lojistas. As projeções finais para 2010 indicam que estes plásticos devem fazer 7,1 bilhões de transações e movimentar 538,3 bilhões de reais, alta de 21,2% ante 2009.

Considerando somente os cartões de crédito, as transações devem somar 2,9 bilhões este ano, com volume de 310,5 bilhões de reais. Ao todo, 1,7 milhão estabelecimentos comerciais aceitam cartões no Brasil. O País tem ainda 38 bancos emissores.

(com Agência Estado)