Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Carne Fraca: “Não há risco”, diz Maggi, em visita a frigorífico

Blairo Maggi foi à fábrica da Seara na cidade de Lapa (PR), uma das 21 empresas investigadas pela Polícia Federal em caso de fraude de inspeção sanitária

O ministro da Agricultura, Blairo Maggi, visitou nesta terça-feira a fábrica da Seara em Lapa (PR), um dos alvos da Operação Carne Fraca, deflagrada na última sexta-feira, pela Policia Federal, e que investiga fraudes na inspeção de produtos de frigoríficos. A Seara é uma das envolvidas no caso e exporta para a China, um dos países que anunciou medidas contra a carne brasileira.

A empresa é uma das 21 companhias que constam na lista de investigadas divulgada pelo ministério nesta terça feira.

O ministro também falou à imprensa após a visita ao frigorífico, na qual afirmou que o governo está atento às implicações em relação aos produtos. Segundo relatório da PF, fiscais sanitários liberavam lotes de carnes sem fazer a devida inspeção, e há relatos de negligência em relação a produtos vencidos ou com contaminação por bactérias. “Estamos no comando e no controle desta situação e não há risco nenhum para ninguém”, disse Maggi.

Por causa da divulgação da operação da PF, China, Coreia e Chile anunciaram nesta segunda-feira restrições à compra de carne brasileira. As medidas preocupam o governo federal, que iniciou uma ofensiva para evitar o fechamento de mercados internacionais ao produto nacional – o que, na avaliação de Blairo Maggi, seria “um desastre”. Também na segunda-feira, o governo suspendeu a exportação das empresas investigadas na Operação Carne Fraca.

(Com Estadão Conteúdo)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Com todo respeito, maseu prefiro acreditar na PF. Políticos brasileiros?… Afhh…

    Curtir

  2. Ataíde Jorge de Oliveira

    11.000 PúBLiKº_SERViDoReS
    No_TeU MINISTéRIo!!
    EnTãO — p / q NoMeAR??
    PARA : FuNÇãO NeCeSSáRïA
    & ESSENCIALmente_TéCNiCA
    , — ju$To!! : poLLípTiCO de 5ª kTêgORiAAAAA
    ExxMº_srº MINISTRO B.MAGGï

    Curtir

  3. Instituto Ninho Consultoria

    A risco sim 1º o que eles fabricam não é alimento é produto alimentício, pena de quem come. Tenha paciência esse ministro com essa cara de pau, depois da deflagração da Carne Fraca.

    Curtir

  4. Rildo Domingos

    Contra provas não argumentos, ele quer é que o povo se lasque comendo carne podre, em detrimento as exportações da país, querendo abafar um escândalo para continuar a exportar sem problemas algum, temos que nos livrarmos desses corruptos o quanto antes nas próximas eleições.

    Curtir

  5. jose roberto

    Ministro patife. Depois de tudo isso, acha que alguém vai dar mole? O risco está nos produtos das prateleiras dos supermercados e outros seguimentos de vendas.

    Curtir

  6. Foi uma visita surpresa, ninguém sabia da sua vinda e a carne podre já tinha ido para os supermercados e o papelão se transformou em material de embalagens! Os políticos brasileiros não têm a mais mínima credibilidade e essa inspeção montada não teve o menor sentido.

    Curtir

  7. É claro que não há! Os fatos foram pontuais e sempre aconteceram. Alguém apenas quis os holofotes e mais nada. Quem saiu perdendo foi a economia e as exportações. O Brasil se ferrou mais uma vez pela imbecilidade das apurações.

    Curtir

  8. Silvia Valle

    Esperou acontecer para se movimentar???? Saiu da zona de conforto agora? Me poupe….

    Curtir

  9. PAUNOMOLUSCO

    Confio mais no laudo da PF.

    Curtir

  10. Osmar Serrragem

    De ministro a garoto-propaganda em dez lixões.

    Curtir