Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Cameron e Medvedev lamentam morte de Steve Jobs

Por Da Redação - 6 out 2011, 12h00

Por Gabriel Bueno

Londres – O primeiro-ministro do Reino Unido, David Cameron, divulgou hoje um comunicado elogiando a trajetória de Steve Jobs, cofundador e ex-presidente da Apple, que morreu ontem, aos 56 anos. “Steve Jobs transformou a forma como trabalhamos e nos divertimos; um gênio criativo que fará muita falta”, destacou o premiê.

O presidente da Rússia, Dmitry Medvedev, também lamentou a morte, ocorrida após Jobs lutar durante anos contra um câncer no pâncreas. “Pessoas como Steve Jobs mudam nosso mundo. Minhas sinceras condolências a seus familiares e a todos que admiraram seu intelecto e talento”, afirmou hoje Medvedev em seu blog. As informações são da Dow Jones.

Publicidade