Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

CÂMBIO-Dólar cai à espera de Europa; fluxo é negativo

Por Silvio Cascione

SÃO PAULO, 7 Dez (Reuters) – O dólar fechou em queda ante o real nesta quarta-feira, em um dia de oscilações reduzidas à espera de mais informações sobre a crise da dívida na Europa e a cúpula de líderes da região.

A moeda norte-americana recuou 0,39 por cento, a 1,7905 real, com mínima de 1,7875 e máxima de 1,8040 real.

Em relação a uma cesta com as principais divisas, o dólar recuava 0,1 por cento por volta de 17h.

O principal tema do mercado esta semana é a reunião de cúpula de líderes da União Europeia, entre quinta e sexta-feira. Os investidores aguardam soluções para a crise da dívida da região. Antes disso, esperam ver um corte de juros pelo Banco Central Europeu (BCE) na reunião da próxima manhã.

Em meio à crise, o mercado local tem visto uma oferta menor de dólares, o que evita uma baixa maior da moeda, segundo o economista-chefe da corretora BGC Liquidez, Alfredo Barbutti.”O dólar tem encontrado uma certa resistência (para cair) porque o fluxo cambial não está bom”, disse.

O fluxo cambial do Brasil ficou negativo em 168 milhões de dólares nos dois primeiros dias de dezembro, segundo o Banco Central. Ainda de acordo com o BC, houve saídas líquidas de 942 milhões de dólares em novembro.

Com a saída de dólares, a posição comprada dos bancos terminou novembro em 1,031 bilhão de dólares, ante 3,386 bilhões de dólares no dia 18 daquele mês.

“O BC tem ficado ausente do mercado à vista desde meados de setembro, aparentemente confortável com a faixa de 1,70 a 1,90 real para o dólar”, afirmou a equipe de estratégia do banco francês BNP Paribas, em nota, que já estima queda das posições dos bancos para cerca de 900 milhões de dólares.

A taxa Ptax, calculada pelo Banco Central e usada como referência para os ajustes de contratos futuros e outros derivativos de câmbio, fechou a 1,7980 real para venda, em alta de 0,37 por cento ante terça-feira.