Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

CÂMBIO-Dólar amplia ganhos com leilão do BC e exterior

SÃO PAULO, 25 Abr (Reuters) – O dólar continua operando em alta ante o real nesta quarta-feira, acelerando um pouco os ganhos à tarde devido ao leilão de compra da divisa norte-americana no mercado à vista feito pelo Banco Central e acompanhando também uma leve piora dos mercados externos após os últimos anúncios do banco central dos Estados Unidos.

Às 15h15 (horário de Brasília), o dólar registrava alta de 0,14 por cento, cotada a 1,8843 real na venda.

“Claro que o leilão do BC ajuda (na alta), já que acaba deixando o mercado sem fluxo. O BC enxuga o fluxo de entrada que poderia ter, mas também o mercado lá fora deu uma piorada em relação à abertura da sessão”, afirmou o operador de câmbio da corretora Renascença José Carlos Amado.

Outro operador, e que prefere não ser identificado, disse ainda que há comentários de que ocorreu uma entrada de dólares em uma grande operação de uma empresa brasileira, o que pode ter influenciado na queda do dólar ante o real pela manhã. Mas em seguida o BC atuou, anulando as perdas da divisa norte-americana.

O BC realizou um leilão de compra de dólares no mercado à vista, com taxa de corte de 1,8818 real, por volta das 12h. A autoridade monetária está atuando com mais intensidade desde o último dia 11, atuando por várias sessões por meio de dois leilões de compra de dólares. Nesta terça-feira, o BC fez um leilão.

No cenário externo, o destaque é a decisão do Fed, que manteve a taxa básica de juros dos EUA entre zero e 0,25 por cento, reforçando ainda sua promessa de deixar os juros estáveis até pelo menos o final de 2014, mas com poucas dicas sobre se poderá oferecer mais estímulos neste ano.

O Fed ainda fez mais projeções nesta tarde, elevando a expectativa para o PIB do país e reduzindo a estimativa de taxa de desemprego, por exemplo. Em breve, o chairman do Fed, Ben Bernanke deve participar de coletiva de imprensa.

(Reportagem de Danielle Fonseca; Edição de Frederico Rosas)