Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Caixa nomeia presidente interina enquanto espera por Daniella Marques

Henriete Alexandra Sartori Bernabé, vice-presidente de habitação, assume cargo vago por saída de Pedro Guimarães de forma interina

Por Felipe Mendes Atualizado em 30 jun 2022, 20h03 - Publicado em 30 jun 2022, 19h47

O conselho de administração da Caixa Econômica Federal informou, em nota divulgada na noite desta quinta-feira, 30, que indicou a vice-presidente de habitação da empresa, Henriete Alexandra Sartori Bernabé, à presidência. Henriete assume o cargo de forma interina enquanto o currículo de Daniella Marques, indicada pelo governo ao cargo, é analisado pela instituição, seguindo os procedimentos internos de elegibilidade. Henriete assume a posição após o pedido de demissão de Pedro Guimarães, acusado de assédio sexual contra diversas funcionárias da Caixa.

No comunicado, o conselho de administração da Caixa ainda ressalta que “condutas ilícitas não são toleradas, em especial as de assédio sexual ou de qualquer natureza, e, se comprovadamente praticadas por agentes da instituição, receberão o devido tratamento previsto na legislação e nas normas internas da empresa”.

O conselho de administração da empresa também aprovou a contratação de uma auditoria externa para apuração das denúncias envolvendo Guimarães e o número 2 da companhia, Celso Leonardo Barbosa. “O Presidente do Conselho de Administração solicitou formalmente ao Comitê de Auditoria que, preliminarmente, buscasse informações sobre a existência de apuração quanto aos mesmos fatos no âmbito interno da CAIXA, para que o Conselho pudesse tomar ciência do tema e deliberar as próximas medidas que deveriam ser adotadas, providência que foi comunicada aos demais membros do Conselho na manhã do dia 29”, diz trecho do documento. “As apurações, que resguardarão a integridade de todo e qualquer denunciante, serão acompanhadas pelo Comitê de Auditoria e reportadas ao Conselho, de forma tempestiva, para que novas providências delas decorrentes sejam adotadas, seja no âmbito preventivo ou punitivo.”


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)