Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Cade aprova venda do controle do Walmart no Brasil para o fundo Advent

O valor do negócio não foi informado; fundo americano ficará com 80% dos negócios da rede varejista no país

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou, sem restrições, a venda de 80% dos negócios do Walmart no Brasil para o Advent International, fundo americano de private equity, que compra participações em empresas.

A venda para o Advent abrange os 80% das empresas Veraneio, Walmart Brasil, WMS Brasil, Bompreço Supermercados e Bompreço Bahia. O Grupo Walmart Global, por meio da WMT Brasília, deterá os 20% remanescentes das ações das companhias.

A decisão do Cade está formalizada em despacho publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta sexta-feira, dia 22.

Como resultado da transação, o Walmart espera registrar uma perda líquida sem efeito em caixa de cerca de 4,5 bilhões de dólares (aproximadamente 16,8 bilhões de reais), a ser registrada no segundo trimestre como um item extraordinário.

Segundo a varejista, a decisão de estabelecer uma parceria com a empresa de private equity Advent International deu-se após análise do portfólio internacional da empresa. “O Walmart está comprometido em construir negócios fortes e resilientes que se adaptem continuamente às necessidades dos clientes locais em um mundo em rápida mudança”, disse o vice-presidente executivo e CEO do Walmart nas regiões de Reino Unido, América Latina e África, Enrique Ostale.

“Estamos entusiasmados com essa parceria com o maior varejista do mundo”, disse à época a managing partner da Advent International, Patrice Etlin. “Acreditamos que podemos posicionar a empresa para gerar resultados expressivos e alcançar novos patamares de sucesso no Brasil.”