Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Cade aprova fusão entre TAM e LAN

Brasília, 14 dez (EFE).- O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou nesta quarta-feira a fusão entre a TAM e a chilena LAN, que criará a maior companhia aérea da América Latina.

A sentença do Cade impôs duas condições ao negócio: que a nova empresa ceda a um concorrente dois voos diários na rota entre São Paulo e Santiago do Chile e opte por apenas uma aliança global de milhagem.

TAM e LAN atualmente acumulam 80% dos voos entre Brasil e Chile, por isso deverão oferecer a uma terceira empresa dois voos de sua principal rota ‘em um horário comercialmente interessante’.

Além disso, a Latam, a nova empresa que surgirá da fusão, deverá se desfazer de um de seus programas de milhas internacionais, já que agora a TAM pertence a Star Alliance e LAN a Oneworld, seu concorrente, o que é incompatível.

O tribunal chileno antitruste também aprovou a operação, mas com ressalvas, entre as quais se encontram as aprovadas hoje pelo Cade.

As empresas apresentaram um recurso perante a Corte Suprema do Chile para que sejam revisadas três dessas medidas de mitigação que, segundo sua opinião, são inconstitucionais e desproporcionais.

Ambas companhias são líderes em seus respectivos mercados e anunciaram sua fusão em agosto do ano passado para criar a maior companhia aérea da América Latina, com um valor na bolsa de US$ 12,14 bilhões.

A nova empresa será uma das dez maiores companhias aéreas do mundo e fornecerá serviços de transporte de passageiros e de carga a mais de 115 destinos em 23 países, através de uma frota de mais de 280 aeronaves e terá mais de 40 mil funcionários, segundo seus próprios dados. EFE