Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Cade aprova fusão entre Dudalina e dona da Les Lis Blanc

Acordo, anunciado no início do mês, confere à Restoque a totalidade do capital da Dudalina. Decisão foi publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou a fusão entre a Restoque – dona das marcas Les Lis Blanc, Bo.Bô., John John e Rosa Chá – e a Dudalina, conhecida por confeccionar camisas sociais. A decisão, que confere à Restoque a totalidade do capital da Dudalina, foi publicada pela Superintendência-Geral da autarquia no Diário Oficial da União (DOU) desta quinta-feira.

O negócio foi apresentado ao Cade no começo deste mês. Os atuais acionistas da Dudalina, três fundos de investimentos geridos por grupos americanos, receberão ações representativas do capital do Restoque, do qual passarão deter fatia de 50%.

Leia mais:

Ex-acionistas da Dudalina compram fatia da Karsten

Riachuelo vai além da moda popular e ganha espaço na Oscar Freire

Mercado de luxo deve crescer entre 4% e 5% em 2013, aponta estudo

As duas companhias, juntas, somaram no ano passado receita líquida de 1,149 bilhão de reais e lucro líquido de 91,8 milhões de reais. A expectativa dentro da “nova” Restoque para 2015 é de que a companhia atinja um valor de mercado de 4 bilhões de reais, receita de1,5 bilhão de reais e lucro líquido de 300 milhões de reais. A meta da companhia é abrir pelo menos 30 unidades ao longo do próximo ano. Ao incorporar a Dudalina e aumentar de tamanho, a Restoque também diminuiu o peso das dívidas no balanço.

A união de Dudalina e Restoque surpreendeu o mercado financeiro, até porque foi costurada rapidamente, ao longo de setembro. O Itaú BBA assessorou o negócio. Antes de iniciar as conversas com os controladores da Dudalina, a Restoque havia conversado com outra “consolidadora” de marcas, a InBrands, dona de redes como Ellus, Richards e Salinas, mas não conseguiu costurar um acordo.

(Com Estadão Conteúdo)