Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Cade aprova consórcio entre Furnas e Eletronorte

Por Célia Froufe

Brasília – O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) adotou posturas diferentes hoje para dois casos muito similares no setor de energia. Aprovou a formação de um consórcio entre empresas para fornecer energia proveniente de fonte eólica, mas adiou o julgamento de outro processo de formação de uma sociedade para o mesmo fim.

O sinal verde foi dado para o consórcio entre Furnas e Eletronorte para a participação de um leilão promovido pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e que contrataria energia elétrica obtida de fonte eólica. Após o leilão, as companhias constituíram a Rei dos Ventos 3 Geradora de Energia, autorizada a estabelecer-se no município de Galinhos, no Rio Grande do Norte, como Produtor Independente de Energia Elétrica.

O Cade acendeu a luz amarela, no entanto, para a operação que envolve Brasventos Miassaba 3 Geradora de Energia e Furnas, que formaram consórcio para participar de leilão similar e fornecer energia elétrica proveniente de fonte eólica a partir de 1º de julho de 2012. O grupo poderá se estabelecer em Guamaré, também no Rio Grande do Norte. O relator deste caso, Olavo Chinaglia, não apresentou os motivos que levaram ao adiamento do julgamento.