Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Cade aprova com restrições compra da FPA pelo Bemis

Por Célia Froufe

Brasília – O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou hoje a compra, pelo Grupo Bemis, da Food Packaging Americas (FPA), uma divisão da Rio Tinto Alcan que atua na produção de embalagens flexíveis, por unanimidade, mas com restrições. O órgão antitruste fechou um acordo, conhecido como Termo de Compromisso de Desempenho (TCD), com as empresas, conforme havia adiantado ontem a Agência Estado.

Os principais termos do compromisso são: 1) não discriminação de preços entre clientes de grande e pequeno porte; 2) obrigatoriedade de abastecimento, que significa não recusar a venda do produto sem justificativa; e 3) manutenção dos contratos em vigor da Alcan por pelo menos cinco anos.

O negócio, que foi feito em nível mundial, foi fechado em 5 de julho de 2009. No Brasil, a operação resultará na aquisição de 100% (com direito a voto) da Alcan Embalagens do Brasil, localizada em Mauá (São Paulo). O Cade identificou que o maior problema concorrencial com a operação foi no segmento de produção e comercialização de substrato para laminados de tubos. Trata-se de um produto intermediário da embalagem flexível, vendida para fabricantes de tubos laminados, que são usados para embalar produtos como pasta de dente e cremes cosméticos.