Clique e assine a partir de 8,90/mês

Cabify zera taxa de motoristas e cria botão do pânico para passageiros

A taxa, que chega a 25% do valor da corrida, é um dos principais motivos de queixas dos profissionais que prestam serviços para aplicativos

Por Redação - Atualizado em 22 out 2018, 16h19 - Publicado em 22 out 2018, 16h12

A Cabify, empresa de aplicativo de transporte, anunciou hoje mais um incentivo para os motoristas parceiros da plataforma. Para incentivar que os profissionais atendam corridas da Cabify, a companhia vai zerar a taxa de comissão cobrada nos horários de maior movimento — das 7h às 8h59 e das 17h às 18h59 em São Paulo e Rio de Janeiro.

A taxa, que chega a 25%, é um dos principais motivos de queixas dos profissionais que prestam serviços para aplicativos. A tarifa vai ser oferecida de hoje a sexta-feira para motoristas de São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte.

No começo do mês, a empresa anunciou um programa de premiação para motoristas com mais corridas e melhores notas de avaliação. Quanto mais corridas e melhores notas, os parceiros seriam premiados com descontos nas taxas e prioridade de atendimento.

Botão pânico

A partir de hoje, usuários da Cabify poderão contar com o botão de segurança. A funcionalidade estará disponível nas nove cidades em que a Cabify atua — Rio de Janeiro, São Paulo, Porto Alegre, Curitiba, Belo Horizonte, Santos, Campinas, Brasília e Canoas.

O botão será exibido na lateral direita do aplicativo, podendo ser acionado pelo passageiro em caso de emergência dele ou do motorista. Ao clicar nele, o passageiro será conectado com o 190 da polícia.

No mês passado, a 99, controlada pela chinesa Didi Chuxing, adotou uma medida controversa de segurança em São Paulo. A empresa passou a testar corridas com câmeras de monitoramento dentro dos veículos em São Paulo.

Continua após a publicidade
Publicidade