Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

‘Buscapé’ dos seguros permite contratação de apólices sem burocracia

Com investimento de R$ 10 milhões de fundo americano, o TaCerto.com quer mudar a maneira de os brasileiros comprarem seguros

Ao agregar a praticidade da internet com a possibilidade de comparação em tempo real de diversos produtos, o site TaCerto permite a contratação, em poucos minutos, do seguro mais apropriado para as suas necessidades – seja residencial, de vida ou para automóveis.

O site oferece comparação de preços tal como um site de cotação de passagens, como Decolar, ou o Buscapé, com eletrônicos e eletrodomésticos. “Em 15 minutos, a pessoa já comparou os seguros, preencheu o cadastro e respondeu as perguntas exigidas pelas seguradoras”, conta João Cardoso, sócio-fundador da TaCerto.

A ideia nasceu de uma amizade de Cardoso com o outro sócio-fundador da start-up, o alemão Vincent Daranyi. Ambos moravam em Londres e trabalhavam como gestores de investimentos de grandes bancos – Cardoso, no Morgan Stanley e Daranyi, no Merril Lynch – quando tiveram a ideia de investir num negócio próprio. “Identifiquei que, diferentemente da Grã-Bretanha, o mercado de seguros no Brasil ainda é pequeno, de baixa penetração, mas está crescendo muito rápido”, conta o sócio suíço

De julho de 2011 a março de 2012 os empreendedores se empenharam em prospectar seguradoras que aceitassem formar parcerias e interligar seus sistemas com o site, além de buscar possíveis investidores. “Eles tinham receio, não queriam se abrir muito, abrir seus preços, é normal porque o comércio eletrônico no Brasil ainda é novo “, conta Daranyi. Havia ainda um impeditivo técnico: cada seguradora tinha uma classificação própria para os tipos de serviços. Por isso, os empreendedores tiveram de convencê-las a adotar um padrão único para interligar seus sistemas ao site.

Em julho do ano passado, o fundo de investimento americano White Mountains Insurance, especializado na área de seguros, fez um aporte de 10 milhões de reais na empresa. Essa foi a primeira vez que o fundo investiu na América do Sul. Já os empreendedores fizeram um aporte mais vultoso: 500 mil reais de capital próprio. “Chegamos a contatar 600 pessoas entre fundos de private equity, venture capital, amigos, parentes e outros. Somente 10% deles quiseram conhecer nosso projeto”, disse Cardoso. Os sócios chegaram, inclusive a viajar ao Vale do Silício, nos Estados Unidos, berço de muitas start-ups, para convencer investidores de que tinham uma grande oportunidade..

Hoje o escritório, localizado em Pinheiros, em São Paulo, conta com 80 funcionários, sendo que 59 são do departamento de atendimento ao consumidor. Os planos da empresa incluem fechar 2014 com 200 colaboradores. O consumidor pode encontrar no site preços de 43 seguradoras de diversas categorias de produtos. No fim do ano passado, entraram para o portifólio a Allianz e a Chubb.

Mercado – Segundo informações do Sindicato das Seguradoras de São Paulo (Sindseg SP), existem hoje 78 grupos de seguros registrados na Superintendência Nacional de Seguros Privados (Susep). O número de corretores passa de 70 mil no país.

Em 2013, o faturamento do setor cresceu 11,6% ante 2012, para 198,4 bilhões de reais. O segmento de automóveis é o principal: 29,378 bilhões de reais de receita no ano passado – crescimento de 18,7%. Já a receita dos segmentos de saúde e residência aumentaram, respectivamente, 4,9% e 23,8%, para 21,825 bilhões e 2,34 bilhões de reais. Os dados, coletados pela Siscorp, são feitos com estimativas em dezembro, já que a Susep ainda não divulgou os números oficial do mês.