Clique e assine com até 92% de desconto

Burger King fecha acordo para compra da Tim Hortons por US$ 11,4 bilhões

O valor somado das duas empresas atualmente é de 18 bilhões de dólares.

Por Da Redação 27 ago 2014, 07h56

A rede americana Burger King fechou um acordo nesta terça-feira para a compra da concorrente canadense Tim Hortons por 11,4 bilhões de dólares, uma operação que irá criar a “terceira empresa mundial de fast-food”, segundo um comunicado conjunto.

A empresa terá sede no Canadá, país apresentado como “o maior mercado da empresa resultado da fusão”.

Leia também:

Roche paga US$ 8,3 bi por empresa de biotecnologia dos EUA

Procter & Gamble estuda vender marca Duracell

Continua após a publicidade

Telecom Italia planeja oferecer 7 bilhões de euros por GVT

Outra vantagem é o fato de que no Canadá a empresa pagará menos impostos que nos Estados Unidos.

O valor total da Tim Hortons, 11,400 bilhões de dólares, será pago em dinheiro e ações, segundo o Burger King. O valor combinado das duas empresas atualmente é de 18 bilhões de dólares.

“Durante os últimos quatro anos, transformamos o Burger King em um dos restaurantes de fast food mais rentáveis do mundo, a partir de um crescimento internacional, um foco constante na revitalização da marca e do compromisso com nossas franquias”, afirma Daniel Schwartz, CEO da empresa, em um comunicado.

“Estamos entusiasmados por construir neste progresso, enquanto continuamos expandindo o Burger King no mundo. Esperamos com vontade trabalhar e aprender com a Tim Hortons enquanto criamos juntos a empresa de restaurantes líder no mundo”, completou o executivo.

(Com agência AFP)

Continua após a publicidade
Publicidade