Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Brasil tem 1 policial militar para cada 473 habitantes, diz IBGE

Entre as unidades da Federação, a maior proporção foi vista no Distrito Federal, com um para cada 194, e a menor, no Maranhão, um para cada 881

O Brasil tinha 425,2 mil policiais militares e 117,6 mil policiais civis em 2013, o equivalente a um PM para cada 473 habitantes e um policial civil para cada 1.790, segundo dados do estudo Perfil dos Estados e dos Municípios Brasileiros 2014, divulgados nesta quarta-feira, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Entre as unidades da Federação, a maior proporção de policial militar por habitante estava no Distrito Federal (um para cada 194) e a menor, no Maranhão, um para cada 881. Menos de 10% do efetivo da Polícia Militar eram mulheres no país. Na Polícia Civil, o porcentual era de pouco mais de 26%.

Conforme o estudo, em 2006, 14,1% dos municípios tinham Guarda Municipal. Em 2012, o porcentual passou para 17,8%, e em 2014, para 19,4%. De acordo com a gerente da pesquisa, Vânia Pacheco, um dos requisitos para o município acessar o Fundo Nacional de Segurança Pública é ter uma Guarda Municipal, o que pode ter contribuído para o aumento desse efetivo nos últimos anos. “Os municípios vêm se aparelhando para ter essas guardas municipais para ter acesso a esses incentivos federais. E desses, em 19%, em 169 municípios, a Guarda Municipal utilizava arma de fogo”.

Já a quantidade de delegacias no país caiu 8%, passando de 4.660 em 2009 para 4.283 em 2014. Das 27 unidades da federal, 8 não possuem Plano de Segurança Pública e 8 não têm plano de redução e prevenção de acidente. A publicação também mostra que, de 2009 a 2014, quase dobrou o número de municípios que apresenta estrutura específica para essa área. Todas as unidades da federação dispõem de um órgão estadual para o setor.

Ainda segundo o estudo, apenas 6,8% dos municípios têm unidades de cumprimento de medidas socioeducativas para menores (como internação), o que faz com que os jovens fiquem longe de suas famílias em muitos casos.

O levantamento mostra também que 14,9% dos municípios não possuem qualquer órgão responsável por receber, registrar e acompanhar violações de denúncias de violação de direitos humanos, como ouvidorias e serviços de defesa do cidadão.

O Perfil dos Estados e dos Municípios Brasileiros 2014 investigou oito temas nas sete unidades da federação e nos 5.570 municípios: recursos humanos, comunicação e informática, educação, saúde, direitos humanos, segurança pública, segurança alimentar e vigilância sanitária.

Leia mais:

Municípios brasileiros empregam 6,2 milhões de servidores

Mais da metade das cidades brasileiras não oferece infraestrutura básica de saúde

(Da redação)