Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Brasil produz 19 milionários por dia, aponta revista ‘Forbes’

Crescimento da economia do país e o bom momento de setores como varejo e construção civil ajudam a criar a fantástica fábrica de milionários

O crescimento da economia brasileira continua em ritmo forte, principalmente se comparado a economias da Europa e à dos Estados Unidos. E a boa fase, segundo a revista Forbes, tem permitido no país o surgimento de 19 novos milionários por dia desde 2007.

De acordo com a reportagem, o fenômeno deve se prolongar até meados desta década. “É provável que esta estatística se repita pelos próximos três anos, se as superpotências da América Latina continuarem a apresentar crescimento estelar de seu PIB”, diz o texto.

Dentre as explicações possíveis, a Forbes cita o consumo no Brasil, que ainda cresce com força. Este cenário econômico favorável faz com que empresas do varejo e indústrias também experimentem crescimento. “À medida que os negócios aumentam, seus donos enriquecem”.

Outro motivo: a evolução dos indicadores sociais e a melhora na distribuição da renda. Estes dois fatos combinados contribuíram para engordar o faturamento não apenas de empresas do varejo, mas também das ligadas à saúde, ao mercado imobiliário e de construção, dentre outras. O resultado são mais milionários.

Em um mercado em franca expansão, muitas empresas optam por se fundirem a outras, para se consolidarem como concorrentes de peso. Neste contexto, uma série de operações de fusões e aquisições com somas vultosas também ajuda a multiplicar o número de ricos no país.

No mercado imobiliário a agitação também é grande. No setor, a criação de milionários fica por conta da valorização dos imóveis, especialmente os que ficam em cidades-sede da Copa do Mundo e no Rio de Janeiro, que vai sediar as Olimpíadas de 2016.

A Forbes, entretanto, faz questão de ressaltar que está falando de milionários tupiniquins: “Note que eles são milionários em termos da moeda brasileira. Alguém que tenha um milhão de reais possui, na verdade, cerca de 540 mil de dólares”.

Apesar das estatísticas favoráveis, a revista lembra que economistas têm alertado sobre rumos que o país pode tomar. “A economia do Brasil vem crescendo a uma taxa anual de 5% nos últimos anos, e isto deve se manter a médio prazo. Entretanto, a economia do país pode superaquecer, levando a inflação a níveis insustentáveis”, pondo em risco o funcionamento da fantástica fábrica de milionários.