Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Brasil economiza uma ‘Campinas’ com horário de verão

Redução do consumo de energia com a mudança de horário em 11 estados e no Distrito Federal equivale à utilização anual da terceira cidade mais populosa de São Paulo

O sistema elétrico brasileiro economizou 2,45 mil megawatts de energia com o horário de verão, segundo dados do Operador Nacional do Sistema (ONS), estatal que controla o setor.

A redução de 4,5% da demanda de energia no Brasil nesse período equivale ao que a cidade de Campinas, a terceira mais populosa do estado de São Paulo, com mais de 1 milhão de habitantes, utiliza por ano.

O horário de verão termina à meia-noite deste sábado e mais da metade do Brasil terá que atrasar os relógios. Em outubro do ano passado, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Tocantins e o Distrito Federal, que concentram cerca de 70% da população brasileira, adiantaram o relógio em uma hora.

A medida, que se aplica desde a década de 80, reduziu para duas horas a diferença da maior parte do país com o fuso horário do meridiano de Greenwich (GMT), que voltará a ser de três horas a partir do próximo domingo.

Leia também:

Horário de verão acaba na noite de sábado

(Agência EFE)