Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Brasil deve economizar 30% a menos com horário de verão neste ano

Ministério de Minas e Energia informou que economia deverá somar R$ 278 milhões. Horário de verão começa na madrugada deste sábado para domingo

Por Da Redação
14 out 2014, 14h14

O país deverá economizar 278 milhões de reais com o horário de verão, informou nesta terça-feira o secretário de Energia Elétrica do Ministério de Minas e Energia (MME), Ildo Grüdtner. O número representa uma queda de cerca de 30% na comparação com a economia de 405 milhões de reais com o horário de verão anterior.

Este ano, todos os Estados das regiões Sudeste, Centro-Oeste e Sul, incluindo o Distrito Federal, adotarão o horário diferenciado, totalizando onze unidades da Federação. O ministério acredita que o país conseguirá economizar 2.595 megawatts (MW) até 22 de fevereiro de 2015.

Durante os 126 dias em que o horário será aplicado, a redução de demanda na hora de ponta de carga deve ser de 1.975 MW no subsistema Sudeste/Centro-Oeste e de 625 MW no subsistema Sul. No caso do subsistema SE/CO, essa redução da demanda entre as 18h e 21h equivale a quase o dobro do consumo de Brasília nesse horário, enquanto o subsistema Sul deve economizar cerca de 75% da carga de Curitiba na mesma comparação.

“Além desses ganhos do sistema elétrico, temos ganhos de lazer e de turismo, já que as pessoas deixam seus trabalhos mais cedo e podem desfrutar desse período do dia com luz solar.”

Continua após a publicidade

Leia também:

Nível dos reservatórios deve fechar outubro abaixo de 2001, época de racionamento

TCU: desconto na conta de luz de 2012 será totalmente anulado até 2015

Continua após a publicidade

Rombo das geradoras chega a R$ 3 bilhões em setembro

Horário de verão terá início na madrugada do próximo sábado (19 de outubro) e valerá até 22 de fevereiro do ano que vem, cinco dias a mais que horário de verão anterior (de 20 de outubro de 2013 até 16 de fevereiro de 2014), para evitar que os relógios retornem ao normal durante o carnaval. A medida valerá para dez Estados e Distrito Federal.

(Com Estadão Conteúdo)

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou

Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.