Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Brasil de Bolsonaro é mais uma vez escanteado pelo G7

Indonésia, Senegal, África do Sul e Índia foram as nações em desenvolvimento convidadas a participar do encontro

Por Victor Irajá Atualizado em 2 Maio 2022, 15h57 - Publicado em 2 Maio 2022, 11h26

Como resultado de uma política internacional errática, o governo de Jair Bolsonaro ficou de fora da reunião da cúpula do G7, que reúne as principais economias do mundo. A ausência do país foi notada durante o anúncio realizado pelo porta-voz do governo da Alemanha, Steffen Hebestreit. Indonésia, Senegal, África do Sul e Índia foram as nações convidadas a participar do encontro, que será realizado em junho deste ano.

O grupo, que envolve as economias mais poderosas do mundo, é formado por Estados Unidos, Alemanha, Reino Unido, Itália, França, Japão e Canadá, além de uma representação da União Europeia, e convida nações em desenvolvimento para tratar sobre políticas construtivas ao mundo. No ano passado, o Brasil já havia ficado de fora da cúpula, que contou com a participação da África do Sul, Coreia do Sul, Índia e Austrália. 

Antes disso, em 2019, durante o primeiro ano de governo de Jair Bolsonaro, o Brasil já havia ficado de fora da lista de convidados pelo presidente da França, Emmanuel Macron, governante do país-sede na ocasião. Ruanda e Senegal estavam na lista em detrimento ao país. Em 2020, por causa da pandemia, o evento foi cancelado – e era a única esperança de o país de participar do evento, já que os Estados Unidos, que sediaram a reunião do G7, eram governados por Donald Trump, com quem Bolsonaro mantinha boas relações.

O Brasil participou pela primeira vez da reunião em 2003, no primeiro ano de governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Depois, foi convidado em 2005, 2006 e 2008. O encontro de 2006, vale dizer, também foi na Alemanha, governada, na ocasião, pela ex-chanceler Angela Merkel. O Itamaraty ainda não se manifestou sobre a ausência do país.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês