Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Bracelpa: venda interna de papéis cai 4,2% em julho

Por Da Redação 29 ago 2011, 16h54

Por André Magnabosco

São Paulo – A indústria brasileira de papéis registrou vendas domésticas de 436 mil toneladas em julho, segundo dados preliminares apresentados hoje pela Associação Brasileira de Celulose e Papel (Bracelpa). O montante representa retração de 4,2% em relação a julho de 2010 e de 0,2% ante junho. No acumulado de janeiro a julho, as vendas internas encolheram 1,8% em relação ao mesmo período do ano passado, para 2,975 milhões de toneladas.

A retração das vendas domésticas contrasta com a alta de 1% no consumo aparente do setor, indicador que melhor dimensiona a demanda interna por papéis. O incremento no acumulado dos sete primeiros meses do ano, para 5,341 milhões de toneladas, é explicado principalmente pela expansão de 4,4% das importações.

Em julho, o consumo aparente somou 768 mil toneladas, queda de 6,2% ante julho do ano passado e alta de 8,5% ante junho. As importações somaram 113 mil toneladas, uma retração de 18,1% ante julho de 2010 e de 7,4% sobre junho deste ano.

A retração da atividade também afetou as exportações. Com um total de 157 mil toneladas vendidas em julho, a indústria brasileira reportou queda de 2,5% ante julho do ano passado e 15,1% sobre junho deste ano. No acumulado de janeiro a julho, as exportações totalizaram 1,229 milhão de toneladas, retração de 2,1% sobre igual intervalo do ano passado.

A receita brasileira com exportações totalizou US$ 1,298 bilhão no acumulado de sete meses, expansão de 11,2% sobre o mesmo intervalo do ano passado. As importações, por sua vez, saltaram 24,5% em igual comparação, para US$ 1,021 bilhão.

A produção brasileira de papéis alcançou 812 mil toneladas em julho, retração de 3,6% sobre julho do ano passado, mas 5,3% superior a junho. Entre janeiro e julho, a produção foi de 5,683 milhões de toneladas, com retração de 0,2%% sobre 2010.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo de VEJA. Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app (celular/tablet).

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.



a partir de R$ 39,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet. Edições de Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)