BP pode fazer acordo de até US$25 bi por vazamento | VEJA
Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

BP pode fazer acordo de até US$25 bi por vazamento

Um acordo com a Justiça dos EUA, deve pôr fim aos processos contra a BP, gerados após explosão de plataforma e vazamento de óleo no Golfo do México

Por Da Redação 19 jan 2012, 06h53

A petrolífera British Petroleum deve aceitar pagar ao Departamento de Justiça dos EUA entre 20 bilhões e 25 bilhões de dólares no próximo mês, previu nesta quinta-feira um importante analista do setor. O pagamento irá pôr fim a todos os processos civis e criminais contra a empresa gerados após explosão de plataforma e vazamento de óleo no Golfo do México.

Martijn Rats, do Morgan Stanley, vê 70 a 80% de chances dos dois lados chegarem a um acordo entre 7 de fevereiro – quando a BP divulgará os resultados do fechado do ano – e 27 de fevereiro, quando começam as audiências judiciais em Nova Orleans. Reiterando a tese, fontes da BP disseram à Reuters que há negociações em andamento no Departamento de Justiça sobre um possível acordo e que a companhia com sede em Londres passou a ter encontros semanais para tratar do assunto.

O presidente-executivo, Bob Dudley, declarou que a petrolífera gostaria de chegar a um acordo, embora sem especificar valor. Questionado por repórteres na quarta-feira, ele se negou a fazer qualquer comentário, dizendo que não era o momento certo para discutir o assunto. A companhia, no entanto, não se pronunciou quanto ao tipo ou valor do acordo.

De acordo com uma fonte, o acordo provavelmente será o segundo maior da história jurídica dos Estados Unidos, ficando entre os 206 bilhões de dólares que a indústria do tabaco concordou pagar para tratar doenças relacionadas ao fumo e os 7,2 bilhões de dólares aceitos por bancos para encerrar litígios relacionados ao colapso da gigante da energia Enron.

(Com agência Reuters)

Continua após a publicidade
Publicidade