Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Bovespa tem dia de leve baixa, mas encerra semana em alta

Por Roberta Vilas Boas

SÃO PAULO, 20 Abr (Reuters) – A bolsa brasileira encerrou o pregão desta sexta-feira em leve baixa, mas registrou ganhos na semana, interrompendo uma sequência de quatro semanas em queda. Nesta sessão, ações de bancos impediram uma queda maior, enquanto construtoras pressionaram.

O Ibovespa teve leve queda de 0,2 por cento, a 62.494 pontos. Na semana, a alta foi de 0,63 por cento. O giro financeiro desta sessão foi de 5,1 bilhões de reais.

Em Nova York, o índice Dow Jones teve alta de 0,5 por cento, enquanto o S&P 500 ganhou 0,12 por cento.

“O movimento hoje foi bem estranho e (a Bovespa) não conseguiu acompanhar as bolsas de fora. O setor de construção está muito fraco, o que pode sinalizar a saída de estrangeiros”, afirmou Marcelo Varejão, analista da Socopa.

No setor, Cyrela teve queda de 4,9 por cento, a 16,70 reais, enquanto Gafisa caiu 3,25 por cento, a 3,87 reais, PDG Realty recuou 2,86 por cento, a 4,76 reais, e MRV Engenharia teve perdas de 1,99 por cento, a 12,30 reais.

Varejão ressaltou que há muita incerteza nos mercados globais em relação a crise na Europa, principalmente com Espanha, e que, embora isso atraia as atenções para empresas de mercado interno na Bovespa, o setor de construção é prejudicado pela grande presença de estrangeiros.

“E se tem cenário de crise, tem fuga de estrangeiros”, disse.

Além de construtoras, a Vale contribuiu negativamente para o índice. A preferencial teve queda de 0,33 por cento, a 41,93 reais, enquanto a ordinária recuou 0,23 por cento, a 43,08 reais.

Outra blue chip, a preferencial da Petrobras, teve leve alta de 0,05 por cento, a 21,46 reais, enquanto OGX subiu 1,16 por cento, a 13,11 reais.

O setor de bancos foi o destaque positivo, com Itaú Unibanco em alta de 2,19 por cento, a 32,23 reais. O Goldman Sachs elevou a recomendação do papel, para “compra”.