Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

BOVESPA-Investidor prefere embolsar lucro enquanto espera Europa

(Texto atualizado com mais informações e dados oficiais de fechamento da bolsa)

Por Aluísio Alves

SÃO PAULO, 7 Dez (Reuters) – O investidor preferiu embolsar ganhos na Bovespa, que fechou esta quarta-feira no vermelho, na véspera de encontros de líderes que podem intensificar ou aliviar a crise de dívida soberana na zona do euro.

Abatido principalmente pela blue chip Vale, o Ibovespa retrocedeu 1,47 por cento, aos 58.662 pontos, após ter batido na máxima de quase cinco meses na véspera. O giro financeiro do pregão totalizou 5,85 bilhões de reais.

As possíveis decisões que serão tomadas por autoridades europeias na quinta e na sexta-feira mantiveram os investidores sob suspense.

Parte do otimismo recente, baseado na aposta de que serão tomadas medidas contundentes para recuperar a confiança dos investidores na capacidade do bloco de contornar a crise, se esvaiu com a notícia de que o governo alemão não está confiante de que alguns assuntos serão resolvidos neste final de semana.

“O mercado está se cansando de promessas, mas que nada trazem de concreto”, resumiu o operador da Renascença Luiz Roberto Monteiro.

Os principais índices acionários europeus fecharam no vermelho. Mas em Nova York, o clima era levemente positivo perto do fechamento dos pregões.

Na Bovespa, cujo principal índice subiu 8,46 por cento nas últimas sete sessões, prevaleceu a ordem de embolsar lucros. Pior para algumas das ações de maior peso no Ibovespa.

A preferencial da Vale tombou 3,63 por cento, a 39,06 reais, após notícias de que as exportações da China caíram em novembro, levantando temores de queda das importações de minério de ferro pelo país asiático.

Outros papéis que haviam subido forte recentemente também foram severamente castigados. Brasil Telecom liderou o bloco das perdedoras, escorregando 6,79 por cento, a 10,70 reais.

Mas poucas escaparam da predominante ponta vendedora. Uma delas foi Gol , a melhor do Ibovespa, com um salto de 3,6 por cento, a 15,50 reais, após a notícia de que a companhia Delta Airlines fará um aporte de capital de 100 milhões de dólares na empresa brasileira, ficando com uma parcela minoritária de 2,9 a 3 por cento no capital da Gol.

(Edição de Anna Flávia Rochas)